Categorias
Blog Notícias

Nova diretoria na Corte Certo

Chegada de Marcelo Butenas à Corte Certo inaugura fase de reestruturação da empresa, com foco na evolução da tecnologia.

marcelo
Marcelo Butenas assume diretoria de Tecnologia

Desde esta segunda-feira, 10 de outubro, a Corte Certo conta com uma nova diretoria, a de Tecnologia. Para o cargo foi designado Marcelo Butenas, engenheiro eletrônico que chega trazendo mais de 25 anos de experiência na Siemens, além de acumular o cargo de conselheiro da Sociedade Esportiva Palmeiras.

A nova diretoria terá a missão ambiciosa de, no médio e longo prazo, aproximar dentro do know-how da empresa as diferentes formas tecnológicas das quais o software depende, seja para a sua sobrevivência, seja para o seu próprio desenvolvimento. Em outras palavras: embora mantendo o seu foco principal no desenvolvimento de softwares, a Corte Certo paulatinamente abarcará também mais conhecimento sobre hardware, máquinas de corte, CNC, telefonia, internet, eletricidade, etc.

“Num mundo globalizado e imerso em formas tecnológicas cada vez mais interdependentes e num processo de transformação de velocidade alucinante, essa é uma decisão mais que necessária para quem quer continuar à frente na produção de inovações”, avalia Butenas. “Decisões como a de investir com toda a força no embarque em nuvens, por exemplo, dependem de informações minimamente confiáveis do progresso em que se encontra a distribuição da banda larga na América Latina, exemplifica o novo diretor. “Da mesma forma” – complementa – “é preciso acompanhar de perto o desenvolvimento das seccionadoras do futuro, para que o Corte Certo já esteja à altura das expectativas no momento adequado”. Em suas palavras, o que se propõe no médio e longo prazo, é a capacidade de oferecer ao Marketing da empresa uma leitura do ambiente tecnológico externo em formação que dê amparo a inovações da Corte Certo com baixo risco de rejeição.

Isso tudo, evidentemente, será desenvolvido em uma segunda etapa. Os primeiros passos incluem a avaliação de práticas atuais e adoção de novas ideias, avaliação do desempenho dos profissionais com funções técnicas, etc.

“Antes de pensar no futuro, precisamos nos assentar na base do passado e do presente”, conclui ele.

Categorias
Blog Notícias

A noite do ouro. O sétimo.

Corte Certo conquista o mais cobiçado troféu de ouro do setor vidreiro nacional – o do Prêmio Destaque Anavidro. A noite da festa apresentou também outras revelações.

Em festa aberta oficialmente, no último sábado, com o Hino Nacional interpretado a cappella pelo tenor Edson Ferreira, o Prêmio Destaque Anavidro, em sua 11ª. edição, distribuiu 45 troféus aos fornecedores que mais se destacaram nos últimos 12 meses no mercado vidreiro nacional.

Esses troféus foram divididos em três níveis de distinção – bronze, prata e ouro – e distribuídos em 15 categorias de fornecedores de produtos e serviços ao setor. A marca Corte Certo conquistou o seu sétimo ouro seguido.

ANAVIDRO2016PREMIO
Diretor da Corte Certo, Joerly Santos, exibe o mais novo troféu. Os 15 premiados com ouro fazem pose para a foto e a Banda São Paulo Show convida para a dança.

Realizada em São Paulo, no Clube Paineiras, a festa já reunia representantes das três marcas vencedoras em cada categoria, previamente selecionadas por votação via internet e com auditoria da organizadora Anavidro – Associação Nacional de Vidraceiros. Restava saber que distinção cada qual receberia.

No caso da Corte Certo, a categoria era a dos “Softwares Direcionados ao Setor”, a qual, segundo levantamento da última edição da revista Tecnologia e Vidro, soma pelo menos 22 fortes candidatos.

Na noite de gala, que incluiu também jantar e encerramento com show da Banda São Paulo, o atual Presidente da Anavidro Nacional José Joaquim Miguel anunciou o seu substituto eleito, a ser empossado em outubro, Cláudio Luiz Acedo, da Mansur Vidros. Outra importante decisão anunciada foi a da unificação das presidências Nacional e de São Paulo.

 

A lista completa dos vencedores:

1 – Rebolos e brocas para vidro

Ouro: Arbax

Prata: Poliglass

Bronze: Diamanlan

 

2 – Acessórios para o Vidro

Ouro: Glass Vetro

Prata: Pado

Bronze: WR Glass

 

3 – Distribuidor de Vidro

Ouro: Spaceglass

Prata: Divibras

Bronze: Pestana

 

4 – Fábrica de Ferragens

Ouro: AL Indústria

Prata: Multimetais

Bronze: Glasspeças

 

5 – Kits para Box e Instalação

Ouro: Tec-Vidro

Prata: Ideia Glass

Bronze: Orion

 

6 – Softwares e Programas Direcionados ao Setor

Ouro: Corte Certo

Prata: Projeto Certo

Bronze: Glasscontrol

 

7 – Máquinas e Equipamentos para o Vidro

Ouro: Agmaq

Prata: Bottero

Bronze: Gusmão

 

8 – Molduras

Ouro: Moldurarte

Prata: Casa Castro

Bronze: Molducolor

 

9 – Molas para Portas

Ouro: Dorma

Prata: Soprano

Bronze: Meron

 

10 – Perfis de Alumínio

Ouro: Alumiplast

Prata: SP Alumínio

Bronze: Olga Color

 

11 – Portas Automáticas, Automação e Controle

Ouro: Dorma Kaba

Prata: Prime

Bronze: Edlei

 

12 – Selantes, Gaxetas e Adesivos

Ouro: Adespec

Prata: Poliplás

Bronze: Dow Corning

 

13 – Têmperas de Vidro

Ouro: Divinal Vidros

Prata: Tempermax

Bronze: Vitron

 

14 – Vidros Laminados

Ouro: PKO

Prata: Divimax

Bronze: Laminar

 

15 – Vidros Especiais

Ouro: Unividros

Prata: Cyberglass

Bronze: Fanavid

Categorias
Blog Notícias

Fervura na Formóbile 2016

Quem esperava um evento morno nestes tempos de desânimo e participou só por obrigação, perdeu uma grande oportunidade. A Corte Certo foi preparada.

Definitivamente o público visitante não correspondeu ao pessimismo de muitos expositores e compareceu massivamente, entre os dias 26 e 29 de julho, para preencher os corredores dos 80 mil m2 de pavilhão no Anhembi, consolidando a Formóbile como a maior feira de móveis da América Latina.

Felizmente esse público não se decepcionou. Embora muitos desses expositores pessimistas tenha reduzido seus espaços, em relação à edição anterior da feira, ou até cancelado a sua participação, outros compensaram apresentando inovações e indicando tendências, na forma de materiais, acabamentos, ferragens, funcionalidades, design, padrões, texturas e cores. A estrela maior foi a tecnologia, que se expandiu na mostra para o setor das máquinas e, claro, apresentou soluções no de softwares.

Fervura na Formóbile 2016
Muito movimento e um novo produto no stand Corte Certo

O stand da Corte Certo manteve intensa movimentação, principalmente ao mostrar como a longevidade faz diferença, quando se trata de desenvolvimento de otimizadores de corte. E porque a expertise nesse tipo de algoritmo faz também diferença.

Também atraiu bastante no stand a solução desenvolvida pela Gabster em parceria com a Corte Certo – o ProjeteCerto. Para quem ainda não conhece, é a solução barata e brasileira para desenhos de móveis dentro do SketchUp, o software 3D mais utilizado no mundo, com mais de 50 milhões de usuários.

Quem procurava por um software com essa finalidade, ficou impressionado com a variedade de recursos e com o valor do investimento, muito mais baixo que outros similares.

A próxima edição da Formóbile, em 2018, já está marcada, com mudança de endereço: deixa o Anhembi e vai para o novo São Paulo Expo, antigo Centro de Exposição Imigrantes, que foi totalmente reformado e ampliado. Fica na região do bairro do Jabaquara e oferece, entre outras vantagens, estacionamento com 4,5 mil vagas cobertas, em um total de 5 mil.

Categorias
Blog General

A vez da Colômbia

A convite de sua parceira SCM Tecmatic , a Corte Certo participará da Feira M&M (Mueble y Madera), de 9 a 12 de março em Bogotá.

feira colombia

Pela primeira vez os colombianos e visitantes da feira M&M terão a oportunidade de ver demonstrações do Corte Certo diretamente na Colômbia, em Bogotá. Já não era sem tempo. Além de ser a terceira maior economia da América do Sul, depois de Brasil e Argentina, a Colômbia tem se mantido ao longo de vários anos, de acordo com o Banco Mundial, como um dos melhores ambientes para fazer negócios. A sua economia está bastante estável, com crescimento do PIB previsto de 2,8% para 2016 e, mais que isso, segundo a Euromonitor, a sua produção de móveis vem crescendo 8,4% em termos reais. A Feira M&M, por seu lado, é a maior de toda a área andina e espera receber no pavilhão da Corferias (foto) mais de 14 mil visitantes.

Evidentemente, a Corte Certo não está descobrindo a Colômbia só agora. Entre dezenas de clientes que possui nesse país estão marcas importantes como Siemens, Mitsubishi, Schneider Electric, Imbera Cooling e até o principal patrocinador da feira, que é a Madecentro. Mas essa será a primeira vez que estará presente no país com o objetivo de conhecer melhor um nicho específico do mercado, no caso o setor moveleiro.

Essa participação tornou-se viável com o convite da parceira de negócios, a SCM Tecmatic, que estará na feira exibindo uma seccionadora já com o Corte Certo instalado.

Para quem quer ter uma ideia de como funciona essa união, basta dar uma olhada no vídeo https://www.youtube.com/watch?v=zVforbgAhJY

Categorias
Blog Notícias

Colômbia anima brasileiros

A Corte Certo não foi a única a visualizar cenários mais animadores para os negócios com a indústria moveleira na Colômbia.

A terra do café, do Botero, do Garcia Marquez e da Shakira, entre tantas referências para a Colômbia, é agora também a terra dos móveis. Pelo menos para os expositores brasileiros que participaram, na semana passada, da feira de negócios M&M, Mueble y Madera. Anunciada pelos organizadores como “não apenas a mais importante plataforma comercial da área andina e centro-americana, para o segmento, mas também a maior exposição de máquinas de última geração para painéis já vista no país”, a feira não deve ter decepcionado nenhuma das empresas brasileiras que lá marcaram a sua presença – não apenas a Corte Certo, mas também SCM Tecmatic, Promob e Leitz, além de outras 12 indústrias reunidas em um stand de 96 m2 organizado pela Orchestra Brasil.

Era, com seus 220 expositores de 29 países, em uma área de 16 mil m2, onde foram recebidos cerca de 14 mil visitantes, uma feira maior que as grandes brasileiras? Nem de longe. Apenas como rápida comparação a FIMMA atraiu no ano passado algo como 35 mil visitantes com 600 marcas, enquanto a Formóbile estima para o próximo mês de julho (26 a 29) receber nada menos que 60 mil visitantes para 750 expositores.

Feira M&M - Colombia
Oportunidade de apresentar diretamente aos colombianos os benefícios do Corte Certo, tanto os para máquinas manuais como para os com as automáticas. O Grupo SCM, do qual a Tecmatic faz parte, ocupou os maiores e mais sofisticados espaços da feira que foi patrocinada por outro cliente da Corte Certo, a colombiana Madecentro.

Então, o quê?

Entusiasmo. Esse parece ter sido o ingrediente diferencial. Com uma expansão de 3,2% de seu Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, os colombianos parecem estar ávidos para tirar o atraso que ainda mantêm em relação ao Brasil no desenvolvimento da sua cadeia moveleira. Para muitos, os produtos apresentados representavam reais novidades, que eles absorviam com claro interesse – resultando também apresentações mais prazerosas para o expositor.

A Corte Certo apresentou-se, desta vez, como convidada da SCM Tecmatic – que, através de seu distribuidor no país, a Sierras y Equipos, ocupou a maior área da feira, distribuída em vários espaços – permitindo assim ao possível cliente uma compreensão maior da interação entre máquinas (manuais e automáticas) e software.

Categorias
Blog Notícias

A vez da Colômbia

A convite de sua parceira SCM Tecmatic , a Corte Certo participará da Feira M&M (Mueble y Madera), de 9 a 12 de março em Bogotá.

feira colombia

Pela primeira vez os colombianos e visitantes da feira M&M terão a oportunidade de ver demonstrações do Corte Certo diretamente na Colômbia, em Bogotá. Já não era sem tempo. Além de ser a terceira maior economia da América do Sul, depois de Brasil e Argentina, a Colômbia tem se mantido ao longo de vários anos, de acordo com o Banco Mundial, como um dos melhores ambientes para fazer negócios. A sua economia está bastante estável, com crescimento do PIB previsto de 2,8% para 2016 e, mais que isso, segundo a Euromonitor, a sua produção de móveis vem crescendo 8,4% em termos reais. A Feira M&M, por seu lado, é a maior de toda a área andina e espera receber no pavilhão da Corferias (foto) mais de 14 mil visitantes.

Evidentemente, a Corte Certo não está descobrindo a Colômbia só agora. Entre dezenas de clientes que possui nesse país estão marcas importantes como Siemens, Mitsubishi, Schneider Electric, Imbera Cooling e até o principal patrocinador da feira, que é a Madecentro. Mas essa será a primeira vez que estará presente no país com o objetivo de conhecer melhor um nicho específico do mercado, no caso o setor moveleiro.

Essa participação tornou-se viável com o convite da parceira de negócios, a SCM Tecmatic, que estará na feira exibindo uma seccionadora já com o Corte Certo instalado.

Para quem quer ter uma ideia de como funciona essa união, basta dar uma olhada no vídeo https://www.youtube.com/watch?v=zVforbgAhJY

Categorias
Blog Notícias

Estratégias para 2016

Primeira edição da Vidro Impresso em 2016 foca no combate à crise, onde os softwares ganham matéria à parte. O Corte Certo, claro, não poderia faltar.

Vidro Impresso 2016

Transparência, agilidade, eficiência e lucratividade. Pela importância que têm nos dias de hoje por conferir benefícios como esses às empresas, os softwares mereceram na edição reportagem à parte sob o sugestivo título “Na palma da mão”. Sugestivo porque, independentemente do porte e ramo de negócios, ter a empresa na palma da mão é o passo indispensável a quem pretenda sucesso diante da crise, como assinala o depoimento do diretor de Marketing da Corte Certo, Joerly Santos, já no primeiro parágrafo e que ganha destaque mais adiante na reportagem: “A informatização dos processos deixou de ser uma tendência para se tornar requisito básico para a sobrevivência no mercado”.

Além da linha de softwares Corte Certo, foram destacados também o MG Net, o W.Vetro, o Glass Control, o ECG e o WebGlass.

Na seção aberta aos depoimentos de vários outros players do mercado vidreiro, sob o também revelador título “Na rota da reinvenção”, o que se observa é certo otimismo (“Nem tudo são lágrimas”, diz o presidente da UBV, Sérgio Minerbo), ainda que com consciência do momento crítico. Atenção às mudanças nas relações entre clientes e fornecedores, foco nas ações e não na crise, foco na avaliação de metas, reflexão e ajustes, criatividade e eficiência, preparação para a retomada – são exemplos de atitudes com que  as empresas vêm substituindo o mote “precisamos economizar” pelo do “precisamos ser mais eficientes”.

Todos os depoimentos estão disponíveis na edição online da revista, em: http://issuu.com/ocpublicidade/docs/digital-vidro-impresso-33?e=11885152/31884041

Categorias
Blog Notícias

Como foi 2015?

Essa foi a pergunta que a Corte Certo e outras três empresas do setor moveleiro responderam para a nova edição da RG Móvel.

como foi esse 2015

A pergunta mais precisa, feita pela jornalista Cleide de Paula, foi: “Qual balanço você faz do ano de 2015 para a sua área de negócios? ”. Para respondê-la foram convidadas, além da Corte Certo, a Eucatex, a Masutti Copat e a CBP.

Não seria um ano como os anteriores e não foi, fato atestado pelos quatro depoimentos, mas o enfrentamento das adversidades parece ter tido o mesmo objetivo expresso por Olga Fonseca, gerente de marketing, da CBP: “A ideia geral é deixar a crise do lado de fora…”. Como chaves de proteção, palavras em comum foram “esforço”, “parceria” e “inovação”.

Andrea Krause, a diretora de Marketing da Eucatex, por exemplo, lembrou o lançamento de novas linhas e padrões para aumentar a competitividade. Por esse mesmo caminho trilhou a Masutti Copat, nas palavras de seu diretor de operações, Rodrigo Copat, quando fala em “busca de diferenciação” para dar mais competitividade aos produtos.

Pelo lado da Corte Certo, Joerly Santos, diretor de marketing, não deixou de colocar o dedo em algumas feridas que as crises trazem, ao se confundirem os conceitos de “oportunidade” e “oportunismo” ou de “precaução” e “pessimismo”. Ao final, no entanto, faz coro com os outros depoimentos, reforçando as ideias de parceria e inovação (deixando como exemplo o lançamento do ProjeteCerto), e deixando entrever o compartilhamento das mesmas conclusões otimistas de Olga Fonseca. A primeira, a de que se não foi um ano ideal, foi positivo. E a segunda, a de que estamos mais fortes para 2016.

como foi esse 2015-2

Leia a íntegra dos depoimentos diretamente na edição 70 da revista online RG Móvel em: http://www.rgmovel.com.br/industria/70/index.html . Os depoimentos começam na página 22.

como foi esse 2015-3

A página 53 a revista destaca também o novo produto ProjeteCerto, lançado em parceria com a Gabster no estande da Corte Certo durante a feira ForMar.

Categorias
Blog Notícias

Entrevista com o pirata

Na esteira da reportagem da Móbile Fornecedores, em que diretor da Corte Certo é entrevistado, acrescentamos nossa própria entrevista com o pirata.

pirataria
Revista Móbile Fornecedores abre frente contra a pirataria

 

Dizem que a mãe da pirataria no Brasil, tal como a conhecemos no ramo da tecnologia, foi a lei da reserva de informática, instaurada em 1984 e que perdurou até 1992. Trabalhando com tecnologia obsoleta e mais cara num mundo onde explodiam as inacessíveis maravilhas da IBM e Apple, passou a ser natural ao brasileiro aceitar a quebra de patentes estrangeiras e até o plágio descarado do sistema DOS para venda legalizada.

Da pirataria de hardware e software para a de músicas, games, filmes, etc., claro, foi um passo simples. O resultado é que hoje o Brasil é o campeão mundial da chamada “demanda não-monetizada” – o que as empresas deixam de faturar em razão dessa pirataria – com um total de 99,6 bilhões de dólares. Os dados são da TruOptik e se referem ao ano de 2014. Quase 100 bilhões de dólares não arrecadados quando, só como referência mínima, todo o nosso mercado de softwares e de serviços mal chegou a ¼ desse valor no mesmo período! Não à toa que 93% das nossas empresas de software permanecem classificadas como mini ou pequenas, numa indiscutível comprovação da dificuldade que encontram esses empreendedores para o crescimento. Os dois dados estão no relatório da ABES – Associação Brasileira de Empresas de Software.

Então é mais que bem vinda a reportagem “Diga não à pirataria”, da última edição (nº 272) da revista Móbile Fornecedores, dirigida à indústria moveleira, onde o diretor da Corte Certo, Joerly Santos, desabafa: “estamos concorrendo com o nosso próprio produto”.

A matéria representa mais uma frente a favor da conscientização dos empresários brasileiros, até porque, como ela bem lembra, além de emperrar o desenvolvimento das empresas de software no Brasil, a pirataria ainda leva à sonegação de impostos e gera concorrência desleal. Em última análise, impacta no crescimento do próprio mercado, como um todo, com o consequente impedimento à geração de novos postos de trabalho.

Talvez ainda mais importante que tudo isso é conscientizar os leitores que pirataria é crime e que o pratica tanto quem vende como quem compra. Aquela pessoa que vende software pirata, que chama todos de “amigo” e que, por telefone, até tem jeito de “boa gente” é um fora-da-lei e pode ser preso.

É uma pessoa sem escrúpulos que promete até o que o software não faz e que, em muitos casos, insere spyware nesses programas piratas, para copiar senhas e outras informações importantes dos seus clientes. Por isso mesmo, ele não terá também escrúpulos na hora de revelar quem são seus receptadores.

Na entrevista abaixo, não há um pirata único, nem apenas um entrevistador. Os entrevistadores são reais interessados no Corte Certo, em diversos sites. Em cinco perguntinhas já dá para perceber o caráter desse tipo de vendedor (eventuais erros de português foram mantidos):

 

  1. Pergunta:

   Esse é original vem com caixa e cd de instalação?

  piratinha Ola amigo e original sim , maia envio o programa para seu email aguardo sua compra

  Observação: Se o preço está baixo demais, alguma coisa tem. Nossos preços estão em nosso site e NÃO enviamos mais caixa e CD.

 

       2. Pergunta:

     Posso usar o corte certo para cortar roupas?

    piratinha Perfeitamente amigo e ele ainda serve para cortar metal mármore e mais o que você quiser.

   Observação: Não. O Corte Certo, no momento, só corta retângulos ou materiais lineares. Ou seja, não é adequado para o recorte de roupas.

 

3. Pergunta:

     Se eu tiver dúvida na hora que usar o programa como é que eu faço?

     piratinha Você pode ligar direto para a Corte Certo, o telefone está no site.

    Observação: O nosso serviço de suporte remoto é oferecido apenas a clientes devidamente registrados por nós, ou seja, que têm cópias originais do Corte Certo. Mesmo esses clientes pagam uma taxa de manutenção para garantir esse serviço e também as atualizações.

 

4. Pergunta:

    Essa é a versão atual?

    piratinha Versão atual aguardo sua compra

   Observação: Seguramente não é a versão atual. Infelizmente os piratas roubam até imagens e textos do nosso site para dar uma aparência de atualidade.

 

5. Pergunta:

     Boa noite. Queria pagar no banco. Vc pode passar uma conta de banco?

     piratinha Boa noite amigo. Não, só no mercado pago.

    Observação: O pirata não quer deixar traços que o identifiquem, como o número de uma conta bancária, CPF. O Mercado Pago é uma forma de esconder a identidade do cliente. Outra é usar o subterfúgio de colocar à frente da venda inocentes úteis.

 

NÃO SE DEIXE ENGANAR: PIRATA É BANDIDO, MESMO QUE TENHA COLOCADO À FRENTE UM INOCENTE ÚTIL, COMO UM ADOLESCENTE, UM IDOSO OU UM DEFICIENTE FÍSICO, PARA COMOVER!

Categorias
Blog Notícias

Webinar reforça importância do ProjeteCerto

 

Foco principal foi a enorme galeria grátis de móveis paramétricos, construídos de acordo com os padrões da indústria moveleira do Brasil.

Webinar reforça importância do ProjeteCerto
Cleandro Nilson, à esquerda, fala sobre a Galeria de Componentes Paramétricos do ProjeteCerto

Apenas dois dias após a ForMar (Feira da Revenda e da Marcenaria), onde lançamos o ProjeteCerto, os interessados já tiveram a oportunidade de entendê-lo com maior riqueza de detalhes através de um webinar promovido pela TI Lab, a partir de sua sede de São Paulo. O palestrante foi o Cleandro Nilson, diretor da Gabster Tecnologia para Mobiliário, empresa com a qual a Corte Certo estabeleceu parceria para esse produto. Sob o tema da Produção Industrial de Mobiliário Sob Medida, a enorme biblioteca desenvolvida pela empresa, com mais de 500 itens, centralizou as atenções.

Não para menos: além de inteiramente gratuita, mesmo para não clientes, e com um volume bastante variado e consistente de itens, todos os móveis são paramétricos. Ao serem baixados no SketchUp, o software mais usado no mundo para modelagem em 3D, os objetos da galeria podem ser facilmente editados sem perda das proporções e sem que as regras do sistema construtivo sejam quebradas.

Além disso, por serem modelados de acordo com o sistema construtivo brasileiro, esses móveis da galeria podem ser produzidos de modo muito rápido pela maior parte das indústrias nacionais.

Ainda em relação à edição dos objetos, chamou a atenção a Escala Conjunta, ou seja, a possibilidade de selecionar vários objetos ao mesmo tempo para que na mudança de medidas as proporções sejam mantidas para todos os móveis e não apenas para o que está sendo editado. O mesmo se aplica também a eventuais mudanças no sistema construtivo de um ou outro móvel, automaticamente sugerido pelo programa se for necessário – exemplo: incorporar engrosso ao tampo de uma mesa que tenha tido as suas medidas muito estendidas. Da mesma forma é possível associar esses modelos em edição à galeria de acabamentos, para substituições conjuntas de materiais.

A TI Lab, responsável pelo evento, é uma empresa dedicada a treinamentos especializados em BIM, Modelagem 3D, Render e Design Gráfico. É conduzida pelo arquiteto João Gaspar, referência em CAD no Brasil e autor de livros sobre o SketchUp.

Segundo a empresa, o vídeo do webinar deve ser colocado à disposição em breve, assim que forem concluídos os serviços de edição.