Plano de corte

Plano de Corte: entenda como otimizar a sua produção

Plano-de-corte-para-otimizar-a-sua-producao

Você sabe o que é um plano de corte? É um documento que mostra como cortar um material para fazer as peças que deseja. Ele tem todas as dicas de corte de um jeito rápido, e econômico. Com esse documento, você pode mandar o plano de corte direto para as máquinas de corte CNC (controle numérico computadorizado), que cortam “sozinhas”.

Com um plano de corte que apresente um bom aproveitamento, é possível utilizar o material da melhor forma, gastando menos chapas, evitando erros e reajustes. Além disso, o plano de corte bem estruturado também ajuda a diminuir o tempo de corte.

Neste artigo, você vai aprender mais sobre o que é o plano de corte, como ele funciona, porque vale a pena usar um programa especializado para fazer planos de corte, e como o Corte Certo pode ajudar você a melhorar a sua produção de móveis. Fique conosco e veja tudo até o final!

A importância do plano de corte para projetos personalizados 

Você já percebeu como o mundo, o consumidor e o mercado estão em constante transformação? Na indústria de móveis, isso se reflete na crescente demanda por projetos personalizados, que combinam com o gosto, o estilo e as necessidades de cada cliente.

Segundo uma pesquisa da Dassault Systèmes, 83% das pessoas preferem comprar itens personalizados. E mais: elas estão dispostas a pagar até 25,3% a mais por produtos que satisfaçam seus desejos individuais.

Diante desse cenário, o plano de corte é um documento excelente para planejar os cortes de dimensões de peças variadas, de acordo com as especificações de cada projeto.

Dessa forma, você pode criar a maior quantidade de peças com o melhor aproveitamento de materiais. Além de encantar o cliente com a agilidade de operação, o plano de corte também ajuda a reduzir o desperdício e o custo de investimento para produção.

Quer ver alguns exemplos de como o plano de corte personalizado pode fazer a diferença no seu projeto? Confira:

  • Um cliente quer um armário com portas de vidro temperado. Com o plano de corte, você pode cortar o vidro de acordo com o tamanho solicitado, garantindo a precisão e melhor custo do produto final.
  • Um cliente deseja uma mesa de madeira maciça, com um tampo retangular. O plano de corte permite organizar os cortes das peças em MDFcom as medidas exatas, evitando desperdícios e retrabalhos por peças de tamanhos divergentes.

Como é um bom plano de corte? 

Um bom plano de corte é aquele que te oferece um melhor aproveitamento das chapas através de layouts, e que também inclua outras informações que direcionarão o corte do material. Existem alguns tipos de planos de corte, cada um com suas vantagens e desvantagens, o que mais se destaca aqui na Corte Certo é o plano de corte com padrão guilhotinável:

Padrão de corte guilhotinável: Quando estiver se referindo a um plano ou projeto que envolve cortes realizados de fora a fora da chapa, não apenas realizado por uma guilhotina

Para garantir um plano de corte completo, você também precisa ter algumas informações em mãos, como:

Planejamentos necessários

Ao montar um plano de corte, é importante tomar alguns cuidados para evitar desperdícios, erros ou acidentes. Alguns desses cuidados são:

  • A espessura da serra ou da lâmina que você usará para cortar o material. A cada corte que você faz, além da medida de corte do material, você também deve pensar sobre o consumo do material pela serra. Contudo, o software Corte Certo já considera a espessura da serra de forma automática, tirando esta preocupação da etapa de elaboração do cálculo do plano de corte.
  • A qualidade e a condição das chapas de material, e se elas têm alguma área danificada, manchada ou empenada. Por exemplo, se a chapa tem riscos, furos ou amassados, é melhor evitar cortar peças nessas áreas, ou até mesmo descartar a chapa inteira;
  • A direção dos veios da madeira ou grãos do material, e se eles combinam com o efeito que você quer criar nos móveis. Por exemplo, se o móvel tem portas ou gavetas, é melhor cortar as peças na mesma direção dos veios ou grãos, para criar uma sensação de continuidade e harmonia.

As melhores ferramentas

Além do planejamento preventivo, você também precisa escolher as ferramentas certas para fazer o plano de corte. Existem diferentes tipos para cada material e projeto, que podem facilitar ou dificultar o seu trabalho. Algumas das ferramentas mais usadas são:

  • Seccionadoras: Seccionadoras são ferramentas utilizadas para realizar cortes de materiais. Essas máquinas são comumente empregadas em indústrias e fábricas de móveis, especialmente naquelas que lidam com materiais como madeira, metal, plástico, entre outros. 

A função principal de uma seccionadora é dividir ou cortar materiais em partes menores de acordo com as especificações desejadas.

  • Esquadrejadeiras: As esquadrejadeiras são máquinas utilizadas principalmente na indústria da marcenaria e carpintaria. Elas são projetadas para realizar cortes precisos em materiais como madeira, painéis de madeira, MDF (Medium Density Fiberboard), entre outros. 

Essas máquinas, que podem ser automáticas ou manuais, são essenciais para a produção de móveis, portas, janelas e outros produtos que requerem cortes precisos e angulares. Comumente utilizadas em marcenarias.

  • Softwares de otimização: são programas que ajudam a fazer o plano de corte, calculando o melhor aproveitamento das chapas de material, considerando as medidas das peças, as medidas das chapas, a espessura da serra, a direção dos veios ou grãos, e outros fatores. O Corte Certo é um exemplo.

Cuidados com o material

Por fim, você também precisa ter alguns cuidados com o material antes de cortar e durante o corte, para garantir que o plano de corte seja seguido da melhor forma. Alguns desses cuidados são:

  • Respeitar as características das chapas de material, algumas características, como a presença de veios, podem ser configuradas no software da Corte Certo, visando garantir que as peças serão cortadas de forma que irá harmonizar esses elementos visualmente.
  • Com o Corte Certo, você conta com uma funcionalidade que garante uma margem de segurança para a chapa. Essa função é necessária porque as bordas das chapas ficam danificadas por conta da umidade e outros problemas de armazenamento.
  • Checar o estado das chapas de material, como a limpeza e danos, para evitar que elas se manchem ou contaminem. Por exemplo, uma chapa suja deixaria resíduos de poeira, óleo, cola, ou outros materiais.

É possível otimizar o planejamento de corte? 

A resposta é sim, é possível otimizar o planejamento de corte, o qual é uma etapa essencial para produzir peças de qualidade a partir de diferentes materiais, como madeira, metal, vidro, tecido, papel e outros. 

Para isso, existem máquinas e softwares modernos que conseguem encontrar a melhor solução para o problema de corte, e que consideram as dimensões necessárias para as peças que deseja produzir, a quantidade almejada e o tipo de peça. As limitações do material e da máquina de corte que será utilizada, e as preferências do usuário. Esses sistemas oferecem vantagens como a possibilidade de:

  • Enviar os planos de corte diretamente para determinadas máquinas automatizadas, integradas ao software, facilitando e agilizando a execução do corte;
  • Usar os planos de corte para orientar a configuração manual de máquinas não automatizadas, reduzindo os erros e aumentando a qualidade do corte;
  • Simular e comparar diferentes cenários de corte, avaliando o impacto de mudanças nas especificações, dos materiais ou nas máquinas;
  • Gerar relatórios e gráficos que mostram o desempenho e os resultados do planejamento de corte, auxiliando no controle e na gestão do processo.

Impacto sustentável

Além de melhorar a eficiência e a qualidade do processo de produção, a otimização do planejamento de corte também tem um impacto positivo no fator sustentável

Ao reduzir o desperdício de material, o planejamento de corte otimizado contribui para a preservação dos recursos naturais e para a diminuição da geração de resíduos, que podem ser nocivos ao meio ambiente e à saúde humana. 

Além disso, ao economizar tempo e energia, o planejamento de corte otimizado reduz o consumo de combustíveis fósseis e a emissão de gases poluentes, responsáveis pelo aquecimento global e pelas mudanças climáticas. 

Portanto, ao adotar estratégias eficazes de otimização e o uso inteligente de materiais, é possível maximizar a eficiência do plano de corte e, ao mesmo tempo, minimizar o impacto ambiental da produção.

Como escolher a melhor estratégia de plano de corte para seu projeto?

A escolha da melhor estratégia de plano de corte depende do tipo e da escala do projeto, bem como dos recursos disponíveis

Em geral, quanto mais complexo e detalhado for o projeto, mais vantajoso será utilizar um método ou uma ferramenta mais avançada, que possa garantir maior precisão, qualidade e economia. 

Por outro lado, projetos mais simples e rápidos podem ser realizados com métodos mais simples e práticos, que demandem menos tempo e investimento.

Independentemente da estratégia escolhida, é importante que o plano de corte seja adaptado conforme o processo industrial, ou seja, que considere as características e as limitações do equipamento e das ferramentas utilizadas para executar o corte.

Isso pode envolver ajustes nas medidas, nas posições, nas direções e nas sequências dos cortes, de modo a evitar erros, desperdícios e retrabalhos.

Corte somente o necessário

Como vimos ao longo do texto, um plano de corte é um documento que mostra como cortar as chapas de madeira, MDF, vidro, metal ou outros materiais que serão usados em um projeto.

Ele ajuda a cortar somente o necessário e otimizar a produção, aproveitando ao máximo os materiais e reduzindo os custos. Além disso, ele garante a qualidade do projeto ao evitar erros e retrabalhos que podem comprometer o resultado.

Com o plano de corte em mãos, você pode executar os cortes e a montagem de forma rápida e eficiente, seguindo as medidas e as características das peças desenhadas previamente, desde que o corte seja retangular. Assim, entrega o projeto exatamente como o cliente esperava, ou até melhor. Isso gera satisfação, fidelização e indicação de novos clientes.
Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você aprender como otimizar a sua produção com o corte certo. Caso queira aprender mais sobre planos de cortes e softwares de planejamento de corte, se inscreva no nosso canal e assista no YouTube aos guias em que ensinamos como fazer um plano de corte certo!

Categorias: Plano de corte

Tags: ,

9 comentários sobre Plano de Corte: entenda como otimizar a sua produção"